Exercício de coerência para fazer redações

Este é um exercício que usei numa prova de coerência textual. é muito importante que todo aluno entenda os princípios básicos para construir textos coerentes e coesos no vestibular. Isso evitará a perda de muitos pontos. Após ver os exercícios abaixo, deixem aí nos comentários se gostaram ou não das atividades. Tenho publicado muitos outros como estes lá na página do curso Português Pra Passar

–>> http://maiseducativo.com.br/curso-portugues-pra-passar/

#Redação #Enem #Vestibular #ConcursosPúblicos

EXERCÍCIO SOBRE COERÊNCIA

O trecho que segue foi extraído do famoso livro FEBEAPÁ 2 – 23 Festival de besteira que assola o país, de Stanislaw Ponte Preta.

**Luta íntima**

Manchete do Jornal da Cidade, de Gravata (PE): “É necessária muita cautela para revidarmos uma autocrítica”. É verdade!!! (10ª ed. – Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1995, pág. 80.)

Nesse trecho há o que se chama de incoerência interna. Para percebê-la tente responder:

a) Levando em conta que o prefixo auto (do grego autos) exprime ideia de próprio, de si mesmo, por si mesmo, qual o significado da palavra autocrítica?

b) Por que esse trecho foi considerado um exemplar típico de um festival de besteiras?

c) Pode-se dizer que esse tipo de deslize prejudica o poder argumentativo do texto? Explique por quê.

GABARITOS DOS EXERCÍCIOS DE COERÊNCIA

Resposta da letra a: É uma crítica que a pessoa faz dela própria ou de sua própria obra.

Respostada letra b: Porque contam uma Incoerência Interna, isto é, há uma contradição na expressão revidar uma autocrítica. Revidar é o ato de contestar alguma crítica vinda de outra pessoa, retrucar ou replicar o que disseram de nós. Ao dizer que é preciso cautela para revidar uma autocrítica, o redator do jornal dá a entender que a autocrítica não é feita pela própria pessoa. Caso contrário não teria sentido usar o verbo revidar ou dizer que é necessário cautela.

Resposta da letra c: É claro. Ao dar mostras de não dominar o sentido das palavras que usa, o redator perde em credibilidade diante de um leitor que sabe perceber esses desvios.

 

5 (100%) 1 vote

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *