Dissertação ou Argumentação?

Vamos saber o que revelam os dicionários sobre os termos dissertação e argumentação.

No Dicionário Aurélio Eletrônico:

argumentação
[Do fetargumentatione.]
s.f.
1.  Ato ou processo de argumentar.
2.  conjunto de argumentos.
3.  Discussão, controvérsia.

dissertação
[Do lat dissertatione.]
s.f.
1.  Exposição desenvolvida, escrita ou oral, de matéria doutrinária, científica ou artística.
2.  Trabalho escrito, apresentado a instituição de ensino superior, e defendido, publicamente, por candidato ao grau de mestre.
3.  Discurso; conferência; preleção.

No Dicionário Eletrônico Houaiss:

argumentação
– substantivo feminino
1 arte, ato ou efeito de argumentar
2 Derivação: por extensão de sentido.
troca de palavras em controvérsia, disputa; discussão
3 Rubrica: termo jurídico.
conjunto de ideias, fatos que constituem os argumentos que levam ao convencimento ou conclusão de (algo ou alguém)
4 Rubrica: literatura, estilística.
no desenvolvimento do discurso, corresponde aos recursos lógicos, como silogismos, paradoxos etc. geralmente acompanhados de exemplos, que induzem à aceitação de uma tese e à conclusão geral e final

dissertação
– substantivo feminino
1 ato ou efeito de dissertar; exposição, redação
2 exposição escrita de assunto relevante nas áreas científica, artística, doutrinária etc; monografia
3 trabalho escrito feito por estudantes como exercício ou como prova, versando sobre algum ponto das matérias estudadas; exposição escrita
4 exposição oral; conferência, discurso
Ex.: ouvimos uma bela d. sobre a obra de Camões
5 Regionalismo: Portugal.
em universidades portuguesas, monografia final que os estudantes devem apresentar e defender para obterem o título universitário

Embora os termos argumentação e dissertação muitas vezes estejam empregados como sinônimos, cabe fazer a seguinte distinção, sob a luz das noções de gêneros e tipos textuais: a argumentação é um tipo característico de arranjo linguístico que possibilita a expressão de um ponto de vista e que pode ser concretizado por meio de diversos textos, em função da necessidade da interação social: comentários opinativos, ensaio, crítica de cinema, carta de opinião etc; a dissertação é um tipo de texto predominantemente argumentativo; trata-se de um gênero textual muito comum nas produções escolares e nos exames de acesso às universidades, bem como em exames ou monografias que procuram avaliar o desempenho de estudantes ao final de um ciclo (como o Enem, por exemplo, no caso do Ensino Médio, ou os Trabalhos de Conclusão de Curso, no caso do Ensino Superior).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *